c Retomada das Greves Operárias do Brasil – UJC
Home Movimento Sindical Retomada das Greves Operárias do Brasil
Retomada das Greves Operárias do Brasil
0

Retomada das Greves Operárias do Brasil

0

Retomada das Greves Operárias do Brasil

No dia 12 de maio de 1978, cerca de 2 mil metalúrgicos das fábricas de caminhões Saab-Scania do ABC Paulista entraram em greve após suas reivindicações sobre o reajuste salarial serem ignoradas pelo governo. A categoria pautava um aumento de 20% em seu salário.


Essa movimentação representou a luta dos trabalhadores em meio à forte repressão da ditadura militar sobre os sindicatos e contra o arrocho fiscal que os obrigava a pagarem pela crise decorrente do fim do chamado ‘milagre econômico’ brasileiro com seus salários.


A greve de 1978 desencadeou diversos outros movimentos de massas de trabalhadores até os anos 1980. Movimentos esses que fizeram frente à ditadura empresarial-militar e concretizaram um rompimento com a estrutura de organização sindical do governo de Getúlio Vargas, em que os sindicatos eram completamente atrelados ao Estado e cumpriam uma função assistencialista, além da cobrança de taxas compulsórias sobre os trabalhadores, como o imposto sindical.


Como resultado dos acúmulos políticos obtidos durante a greve, uma nova estrutura sindical e a criação de uma central única para a classe trabalhadora foram pautas do 3º Congresso do Sindicato dos Metalúrgicos de São Bernardo do Campo e Diadema, em outubro do mesmo ano.


Em 1979, aconteceram novas greves de metalúrgicos no ABC Paulista que contavam agora com a adesão de muitas outras categorias profissionais. Era visível no Brasil o acirramento da luta de classes, concretizada nos movimentos massivos dos trabalhadores. A greve foi considerada ilegal e reprimida violentamente.


Em 1980, uma nova greve durou 41 dias e mobilizou cerca de 300 mil metalúrgicos em São Bernardo do Campo. Nesse período houveram diversas perseguições e 15 dirigentes foram presos, sendo liberados apenas 40 dias depois.


As greves ocorridas entre 1978 e 1980 contribuíram para a decadência do regime ditatorial no Brasil e significaram um grande ganho político para a classe trabalhadora no sentido de sua reorganização política e conquista de direitos democráticos.

Viva a luta histórica dos trabalhadores brasileiros!