c Juventude Socialista Alemã dos Trabalhadores: Fora Bolsonaro! Solidariedade com a resistência no Brasil! – UJC
Home Internacional Juventude Socialista Alemã dos Trabalhadores: Fora Bolsonaro! Solidariedade com a resistência no Brasil!
Juventude Socialista Alemã dos Trabalhadores: Fora Bolsonaro! Solidariedade com a resistência no Brasil!
0

Juventude Socialista Alemã dos Trabalhadores: Fora Bolsonaro! Solidariedade com a resistência no Brasil!

0

JUVENTUDE  SOCIALISTA ALEMÃ DOS TRABALHADORES

Direção Nacional – Comissão Internacional

Fora Bolsonaro! Solidariedade com a resistência no Brasil!

“O neoliberal Jair Bolsonaro é o candidato preferido do mercado”, tuitou o Deutsche Bank (Banco Alemão) um pouco antes da eleição de Bolsonaro. Eles estavam certos. E também deixaram claro: o capital monopolista alemão está ao lado dos brasileiros reacionários. 

Então vemos: as fronteiras reais não se dão entre os povos, mas sim entre “em cima” e “embaixo”, se dão entre as classes. 

Por isso, enviamos à vocês nossa saudação solidária, da Juventude Socialista Alemã dos Trabalhadores , SDAJ da Alemanha. Desejamos à vocês o maior sucesso possível na sua luta hoje, 8 de maio. A sua luta é também nossa luta! Fora Bolsonaro!

O governo de Bolsonaro e Mourão trabalha completamente para os interesses da burguesia em detrimento do povo e pressionando os trabalhadores a retornarem aos seus trabalhos.Não auxiliando, ou apenas ajudando de maneira gradual os trabalhadores (em especial o setor na informalidade, desempregados e outros) tentam gerar um sentimento anti-quarentena. Mas a ausência de, até mesmo, medidas insuficientes, será paga pelos trabalhadores, a juventude, as mulheres, os estudantes e os pobres – e às vezes, paga com suas próprias vidas. E precisam pagar para que a burguesia continue a receber seus lucros. 

Esse é o caso no Brasil, mas o mesmo ocorre na Alemanha.

A iminente possibilidade de que o SUS (Sistema Único de Saúde Brasileiro) não seja capaz de tratar todos os casos de Covid-19 é o resultado de uma política de cortes em várias áreas, como foi incentivado no governo Bolsonaro, mas que também ocorreu no governo Temer e anteriores. 

Os cortes são parte do DNA do capitalismo. Devem ser realizados cortes sobre biliões de trabalhadores, empregados, desempregados, etc, para que os bilionários possam continuar a prosperar. 

Nós celebramos o dia 8 de maio na Alemanha, porque essa é a data da libertação do nosso país da ditadura fascista, há 75 anos. O 8 de maio de 2020 será o começo do fim do regime de Bolsonaro!

Vida longa à juventude brasileira que resiste contra o governo burguês!

Vida longa à solidariedade internacional, a amizade internacional, o internacionalismo proletário!

Vida longa à Federação Mundial da Juventude Democrática! 

Vida Longa à União da Juventude Comunista do Brasil!

#ForaBolsonaro #UJCBrasil #SDAJ #WFDY