c 75º aniversário da Federação Mundial das Juventudes Democráticas (FMJD) – UJC
Home Internacional 75º aniversário da Federação Mundial das Juventudes Democráticas (FMJD)
75º aniversário da Federação Mundial das Juventudes Democráticas (FMJD)
0

75º aniversário da Federação Mundial das Juventudes Democráticas (FMJD)

0

Em 10 de novembro de 1945, é fundada durante Conferência Mundial da Juventude, em Londres, a Federação Mundial das Juventudes Democráticas. A FMJD é fruto da luta de uma geração de jovens que viveu os acontecimentos nefastos da Segunda Guerra Mundial e, conscientes de seu dever histórico em combater o nazi-fascismo e o avanço do imperialismo, fojaram um espaço de articulação e integração permanente para organizar politicamente a juventude à nível internacional. A conferência reuniu pela primeira vez na história do movimento juvenil internacional representantes de 63 nações, adotando como seu princípio a paz entre os povos e solidariedade. Desde então, em sua história, a Federação Mundial das Juventudes Democráticas organizou centenas de missões, campanhas e atividades em defesa de direitos fundamentais à vida da juventude, pela paz, democracia, direitos humanos e contra as guerras, a exploração e a opressão.

Sendo até hoje o maior espaço de articulação entre os jovens antiimperialistas, é através da organização política que a FMJD atua por condições de vida digna nos quatro cantos do mundo, seja nas mobilizações cotidianas que tomam às ruas nos diversos países que integram a federação, ou em seus festivais internacionais – o Festival Mundial da Juventude e dos Estudantes (FMJE), que, desde sua origem, é o espaço que unifica e propagandeia as demandas e lutas da juventude. Já foram realizados 19 festivais, cada um recebendo mais de 10.000 pessoas de centenas de organizações, em dezenas de países de todos os continentes.

A União da Juventude Comunista (UJC-Brasil) tem orgulho de fazer parte dessa história desde a fundação da FMJD, há 75 anos. E, como reafirmamos em nosso VIII congresso, mantemos nosso compromisso com federação, trazendo-a conosco em toda luta protagonizada pela juventude trabalhadora em nosso país, cada vez mais devastado pelo governo Bolsonaro: um governo de caráter antipopular, antidemocrático e antinacional, alinhado ideologicamente com a extrema-direita e, que seguindo a risca a aplicação de uma agenda ultraliberal, não mede esforços nos ataques aos direitos sociais e liberdades democráticas.

No Brasil, um país de capitalismo avançado nos marcos do capitalismo dependente, não há qualquer concessão às classes dominantes nacionais que não seja também um apoio direto ao imperialismo. Dessa forma, todos os jovens que tiverem como objetivo político a derrota de Bolsonaro devem, também, compreender que não há outra alternativa que não a reorganização da classe trabalhadora e do movimento social, a nível nacional e internacional.

Por isso, aproveitamos a ocasião para fazer um chamado à cada jovem brasileiro para que conheçam a FMJD, sua história, sua atuação e que estejam conosco na realização de seu próximo festival mundial.

Derrotar o imperialismo é uma importante palavra de ordem de nossa federação e nós da UJC Brasil entendemos que, para isso, devemos nos colocar a tarefa de derrotar o capitalismo e construir uma nova ordem social. Portanto, no Brasil e no mundo todo, faz-se necessária, mais do que nunca, preparar a ofensiva contra-hegemônica em defesa dos ideais socialistas e comunistas, pelo Poder Popular rumo ao socialismo-comunismo.

Vida longa à Federação Mundial das Juventude Democráticas!
Vida longa à luta da juventude em todo o mundo!