c Saudação dos Jovens Socialistas dos EUA ao VI Congresso da UJC – UJC
Home Sem categoria Saudação dos Jovens Socialistas dos EUA ao VI Congresso da UJC
Saudação dos Jovens Socialistas dos EUA ao VI Congresso da UJC
0

Saudação dos Jovens Socialistas dos EUA ao VI Congresso da UJC

0

Os partidos burgueses gêmeos nos EUA, os democratas e os republicanos, dedicam-se igualmente para a manutenção do regime capitalista.

Caros camaradas,

Saudações calorosas dos jovens socialistas dos Estados Unidos. Lamentamos nossa ausência em seu congresso, mas desejamos-lhe um encontro produtivo. Como os jovens trabalhadores e lutadores nos Estados Unidos, temos um inimigo em comum com o povo trabalhador brasileiro: o capitalismo e seu sistema de dominação imperialista mundial, que tem um preço especial aos povos da América Latina. Os mesmos grupos dominantes dos Estados Unidos que realizam as guerras, ocupações e assassinatos em todo o mundo, levam a cabo uma guerra implacável contra as pessoas que aqui trabalham, buscando estabilizar o sistema.

Nos últimos anos temos visto um ataque acelerado aos nossos salários, condições de trabalho, direitos políticos, e ao padrão de vida em geral. Os capitalistas não têm um problema de política; esta crise é apenas o começo do que está aguardado para os trabalhadores da cidade e do campo e aos jovens, devido ao funcionamento natural e inevitável do capitalismo.

Os partidos burgueses gêmeos nos EUA, os democratas e os republicanos, dedicam-se igualmente para a manutenção do regime capitalista. Estamos oferecendo uma alternativa à classe trabalhadora nas próximas eleições, aos candidatos do Partido dos Trabalhadores Socialistas, que defendem as lutas da classe trabalhadora em todo o mundo e explicam as raízes da crise do capitalismo.

Precisamos de uma liderança revolucionária como aquelas que lideram a Revolução Cubana de 1959 e a Revolução Bolchevique de 1917. Essas lideranças serão formadas através das lutas.

Os piquetes e protestos dos trabalhadores nos Estados Unidos são a linha de frente da luta de classes aqui. No dia 1º de julho, 8.500 trabalhadores elétricos foram forçados a sair do trabalho na companhia Con Edison na área de Nova York porque se recusaram a aceitar grandes cortes em suas pensões e na assistência à saúde. Esses trabalhadores não estão sozinhos. Milhares de outros trabalhadores realizam piquetes ou estão em greve por razões semelhantes em todo o país.

As lutas dos trabalhadores dos Estados Unidos são reforçadas quando as pessoas em todo o mundo se recusam a ser intimidadas pelos governantes norte-americanos. Nós defendemos o direito de todas as nações para desenvolver a energia, incluindo energia nuclear, possibilitando que milhões de pessoas que atualmente vivem sem energia elétrica possam ter acesso à eletricidade. Washington trava, há décadas, uma guerra contra a Revolução Cubana, e continua a manter presos os Cinco Cubanos, para punir o povo cubano por não se dobrar ao imperialismo dos EUA. Defender a revolução socialista de Cuba é fundamental para o trabalho de todos os revolucionários de todo o mundo. Juntamo-nos a vocês e a outros ao redor do mundo para exigir libertação dos Cinco cubanos!

Solidariamente,

Jacob Perasso

Jovens Socialistas, Estados Unidos