c SAUDAÇÃO DA UJC AO XIII CONGRESSO DAS JUVENTUDES COMUNISTAS DO CHILE (JJCC) – UJC
Home Sem categoria SAUDAÇÃO DA UJC AO XIII CONGRESSO DAS JUVENTUDES COMUNISTAS DO CHILE (JJCC)
SAUDAÇÃO DA UJC AO XIII CONGRESSO DAS JUVENTUDES COMUNISTAS DO CHILE (JJCC)
0

SAUDAÇÃO DA UJC AO XIII CONGRESSO DAS JUVENTUDES COMUNISTAS DO CHILE (JJCC)

0

Camaradas,

A União da Juventude Comunista e o Partido Comunista Brasileiro trazem um revolucionário e fraterno abraço a todos/as delegados/as e convidados/as deste décimo terceiro Congresso Nacional da JJCC.

Hoje não há possibilidade de não associarmos os problemas sociais de nosso continente com o próprio desenvolvimento do capitalismo. Compreendemos a atual crise na sua totalidade do sistema capitalista, muito mais profunda do que as oscilações das bolsas de valores nos permitem enxergar.

O que vemos hoje é uma profunda crise estrutural da forma capitalista de organização da vida. É estrutural, pois possui caráter universal. Não está reservada a um ramo específico da produção, ou estritamente financeiro, muito menos se concentra apenas em alguns países.

Em resposta a esta crise, o sistema do capital ataca direitos básicos da população, endivida os trabalhadores, aumenta significativamente os índices de desemprego em escala mundial. No campo da educação, a precarização e a baixa qualidade juntamente com as diferentes formas de privatização e aprofundamento da lógica de mercado dão o tom hoje nas políticas formuladas por governos comprometidos com a conservação da ordem em nosso continente, como os casos da Colômbia, Chile e Brasil, dentre outros.

Conforme nos mostra didaticamente a luta dos companheiros chilenos e os próprios apontamentos das teses deste congresso, hoje não há espaços para reformas nos marcos de uma educação a serviço dos interesses de mercado. É necessário pensarmos e propormos outro modelo de educação que garanta as grandes conquistas da humanidade.

No Brasil, vivemos o aprofundamento de políticas neoliberais na educação. Nosso país convive em pleno século XXI com uma taxa de 10% de sua população analfabeta, em termos absolutos é mais do que toda a população chilena. Apenas 13% dos jovens brasileiros entre 18 e 24 anos freqüenta o ensino superior, um dos índices mais baixos entre os países latino-americanos. Hoje no Brasil, cerca de 87% dos estudantes matriculados no ensino superior estudam em instituições privadas. Uma verdadeira privatização branca desta etapa de ensino.

Nos últimos anos essa política vem se aprofundando, seguindo os ditames neoliberais em curso no país desde o final da década de 1980.

Assim como no Chile, os estudantes brasileiros travam, a partir de nossa realidade, uma luta permanente por uma educação pública e de qualidade. Nós comunistas procuramos construir junto à base dos estudantes brasileiros uma plataforma de lutas que nos permita avançar em um debate estratégico em torno de uma educação e de uma Universidade Popular.

A juventude chilena hoje está na vanguarda das lutas por direitos sociais na América Latina. A UJC se solidariza com as lutas dos jovens chilenos. Queremos que este espaço possibilite articulações e a construção de agendas comuns de luta entre nossas organizações, pois apenas com a unidade e com a solidariedade internacional podemos fazer nossas lutas vitoriosas.

Concluímos nossa saudação, citando o camarada Ernesto Che Guevara, que ao receber o título de Professor Honoris Causa em uma universidade de Cuba depois da revolução de 1959, alertou em seu discurso de agradecimento lembrando os presentes que o estudo e o conhecimento não são patrimônio de ninguém, pertencem ao povo e ao povo o darão ou o povo o tomará e concluiu dizendo: há que se pintar a universidade de negro, de mulato, de operário e camponês, há que se descer até o povo e vibrar como ele, sentindo suas verdadeiras necessidades.

É com este espírito revolucionário que desejamos os melhores trabalhos neste Congresso, reafirmando que hoje mais do que nunca não lutamos apenas por um sonho de outra sociedade, mas sim contra uma grande crise civilizatória ocasionada pelo capitalismo. Não há mais espaços para humanização deste sistema; lutamos contra a barbárie, lutamos pelo Socialismo!

Viva o XIII Congresso das Juventudes Comunistas do Chile!

Viva a luta dos jovens chilenos e latino-americanos!

Por uma Educação e uma Universidade Popular!

Viva o Socialismo!