c Reitoria da UFPE EXPULSA trabalhadores do campus – UJC
Home Movimento Estudantil Reitoria da UFPE EXPULSA trabalhadores do campus
Reitoria da UFPE EXPULSA trabalhadores do campus
0

Reitoria da UFPE EXPULSA trabalhadores do campus

0
No dia 19 de Janeiro foi divulgada na Agência de Notícias da UFPE uma nota informando que ações já vêm sendo efetivadas sobre a proibição de ambulantes dentro do campus, e posteriormente todos/as que estiverem em situação de irregularidade serão também expulsos. A Diretoria utiliza o argumento de uma suposta irregularidade buscando base no estatuto que afirma a necessidade da concessão e permissão de uso para a permanência destes/as trabalhadores/as. Porém, o estatuto restringe as concessões apenas a determinados setores, não dando aos vendedores ambulantes o direito de se organizar formalmente.

O objetivo da Reitoria é, segundo a própria nota, “realizar licitações para ocupação dos espaços públicos a serem disponibilizados”, ou seja, retirar os trabalhadores informais e irregulares da Universidade para que empresas privadas ocupem e lucrem com esse espaço deixado pela saída desses trabalhadores.

Por meio desta nota a UJC vem denunciar a medida de higienização que a Diretoria de Controle Urbano da UFPE vem fazendo. A atual crise do capitalismo atinge majoritariamente a classe trabalhadora, fazendo cada vez mais com que suas condições de vida piorem. Segundo dados do IBGE o desemprego chegou a atingir 11,4 MILHÕES de pessoas no trimestre encerrado em maio de 2016; e não coincidentemente os números no comércio ambulante vêm aumentando cada vez mais. Na medida em que os espaços públicos da cidade vão sendo negados aos trabalhadores para exercer suas atividades, cresce a criminalização de suas atividades.

Não nos parecem fatos isolados as medidas que a reitoria da UFPE toma em relação à EXPULSÃO de ambulantes do campus, OS CORTES DE BOLSAS NA ASSISTÊNCIA ESTUDANTIL, a falta de vagas para creche, à displicência com o nosso restaurante universitário ou a qualidade dos nossos equipamentos na universidade. Elas são expressões a nível local de medidas que acontecem em âmbito nacional.

Essa retirada de direitos dos estudantes e trabalhadores deve ser combatida com muita luta e organização. Estamos passando por um momento em que os ataques do Estado burguês aos nossos direitos só está começando, a PEC da MORTE já passou, vem por aí a reforma da PREVIDÊNCIA SOCIAL e outros retrocessos que visam apenas o lucro de empresários e de banqueiros. A classe trabalhadora tem o PODER de barrar todos esses retrocessos e deve lutar contra todos eles.