c Nota de apoio à ocupação da Assembleia Legislativa do Ceará. Por uma Universidade Popular! – UJC
Home Sem categoria Nota de apoio à ocupação da Assembleia Legislativa do Ceará. Por uma Universidade Popular!
Nota de apoio à ocupação da Assembleia Legislativa do Ceará. Por uma Universidade Popular!
0

Nota de apoio à ocupação da Assembleia Legislativa do Ceará. Por uma Universidade Popular!

0

A Assembleia Legislativa do Estado do Ceará está ocupada! Está ocupada pelo Movimento grevista das três Universidades Estaduais! Está ocupada por conta da falta de dialogo do Governador Cid Gomes (PROS), que há anos nega-se a sequer receber esse movimento e ouvir suas pautas. Contudo, esse mesmo Governo tenta deslegitimar o Movimento e diz que não negocia com categorias em greve. Cid Gomes tenta de toda forma desarticular o belo e audacioso movimento que, cansado da falta de respostas às suas demandas, deflagrou Greve Geral de professores, estudantes e servidores em todos os campi de todas as Universidades (trata-se da quarta greve de 2005 pra cá!). As Universidades Estaduais não têm condições de continuar funcionando e produzindo conhecimento na atual situação de abandono em que se encontram, por isso ocupam a Assembleia e exigem imediata negociação!

As principais pautas do Movimento junto à administração estadual são: a) Por concurso público para preenchimento da carência de 800 vagas de professores efetivos; b) Pela continuidade da elaboração de um Plano Estadual de Assistência Estudantil com protagonismo dos próprios estudantes; c) Pela regulamentação do PCCV dos professores; d) Por Concurso Público para servidores, pois nunca foi feito e hoje a imensa demanda é preenchida com terceirizações; e) Pela elaboração do PCCV dos Servidores; f) Por obras de infraestrutura em todos os campi das três Universidades.

Nós da UJC – juntos com outras entidades, organizações e militantes independentes do Movimento Estudantil – construímos ativamente a ocupação da Assembléia Legislativa, assim como as demais atividades desse movimento. Acreditamos que a construção de um projeto de Universidade vinculado às lutas da classe trabalhadora perpassa a luta pela manutenção de Universidades públicas e gratuitas. Acreditamos que o MUP – Movimento Universidade Popular – pode contribuir para fortalecer essas necessárias lutas e pela ampliação das suas pautas, dando centralidade à ampliação do acesso ao Ensino Superior público no Estado e à garantia de que a produção de conhecimento seja voltada para as necessidades do povo, e não de algumas poucas empresas privadas.

Ousar Lutar, Ousar Vencer!
União da Juventude Comunista