c Nota da UNIÃO DA JUVENTUDE COMUNISTA sobre as eleições do DCE da UFMG – UJC
Home Sem categoria Nota da UNIÃO DA JUVENTUDE COMUNISTA sobre as eleições do DCE da UFMG
Nota da UNIÃO DA JUVENTUDE COMUNISTA sobre as eleições do  DCE da UFMG
0

Nota da UNIÃO DA JUVENTUDE COMUNISTA sobre as eleições do DCE da UFMG

0

Nos dias 23 e 24 de novembro passados realizaram-se as eleições para o DCE da UFMG, que teve como vencedora a chapa “Onda”, que travou uma campanha pautada num discurso fortemente apartidário, daí o nome “Onda” (O Nosso DCE Apartidário).

Não constituiria nenhuma estranheza uma campanha dessa natureza, haja vista o fato de não ser a primeira vez que numa eleição de DCE emerjam grupos de estudantes que levantam essa bandeira, elegendo os partidos políticos como fonte de todos as males que perpassam as entidades estudantis.

Nesse pleito, chamou atenção o fato de que, diferentemente de outras chapas, que nos anos anteriores propagaram o antipartidarismo, o programa da chapa “Onda” ganhou considerável espaço em grandes veículos de comunicação, tais como Veja e Estado de Minas. Veículos, digam-se de passagem, notadamente conhecidos por seu enviesamento ideológico.

Não poderíamos deixar de citar que a forma como foi conduzida a gestão “Voz Ativa” (inicialmente composta por PCR, Consulta Popular e PDT; tendo as duas últimas abandonado a gestão), ferindo a soberania dos Conselhos de CA´s e DA´s, somada ao obscurantismo na sua conduta administrativa semeou o campo para o florescimento de uma chapa como a “Onda”.

A União da Juventude Comunista não vê nos partidos políticos, nem nos estudantes a eles ligados, a fonte das principais contradições do Movimento Estudantil. Muito pelo contrário, entendemos que o “Movimento Estudantil Partidário” é o principal artífice de iniciativas que trazem para dentro da universidade questões tangentes à sociedade como um todo.

Nesse sentido, em conselho de CA´s e DA´s realizado neste 7 dezembro, a UJC publicizou em nota sua concepção de movimento estudantil e de universidade, defendendo a participação dos partidos e dos movimentos sociais, conclamando o fortalecimento do poder das entidades de base ao mesmo tempo em que chamava a atenção para o discurso de direita implícito no “mito do apartidarismo” e conclamava toda a esquerda para a intensificação da luta por uma Universidade Popular.

Núcleo da União da Juventude Comunista da UFMG

Mais informações: http://www.ujc.org.br/index.php/artigos-sobre-a-ujc/80-nota-da-uniao-da-juventude-comunista-e-do-movimento-universidade-popular-sobre-a-eleicao-do-dce-ufmg-de-2011