c Liberdade e Justiça aos presos políticos palestinos! – UJC
Home Internacional Liberdade e Justiça aos presos políticos palestinos!
Liberdade e Justiça aos presos políticos palestinos!
0

Liberdade e Justiça aos presos políticos palestinos!

0
A União da Juventude Comunista participou, na última sexta-feira (19), da criação do “Comitê de Solidariedade aos Presos Políticos Palestinos”. Desde o dia 17 de abril, mais de 1300 prisioneiros palestinos estão fazendo uma histórica greve de fome, devido a condição desumana em que vivem, submetidos ao regime de apartheid de Israel. 
No encontro, que reuniu organizações da esquerda brasileira e do campo árabe anti-imperialista, ficou decidido a confecção de um manifesto em apoio aos presos políticos, a confecção de cartazes para a divulgação, somando à campanha internacional, além de um logo para o comitê.
Entre as pautas mais urgentes dos presos estão: o fim da negação de visitas familiares, o direito de acesso ao ensino superior a distância, cuidados médicos e tratamentos adequados, fim dos regimes de isolamento e de detenção sem acusação nem julgamento (chamadas de detenções administrativas). O Governo de Israel já pronunciou que não haverá negociações.
A ocupação imperialista de Israel no território da palestina se estende desde o século 20, até os dias de hoje. Em um regime racista e extremamente violento, adultos e mesmo crianças são sequestradas e presas sem qualquer explicação. Propriedades dos árabes são confiscadas e as casas são derrubadas.
Desde o chamado ‘Nakba’, ocasião que ocorrera entre 1948 e 1949 e resultou na expulsão de mais de 800.000 palestinos de sua própria terra, o tenaz povo palestino luta para o direito de retorno, o fim da colonização sionista e, por fim, uma nação democrática e soberana. Atualmente há mais de 6.500 presos políticos, incluindo crianças, encarcerados pelo simples motivo de reivindicarem um território de lhes pertence.
A UJC condena a prática de apartheid do Estado israelense, bem como a ocupação que no ano que vem completará 70 anos. Nos colocamos ao lado do aguerrido povo palestino e árabe contra o imperialismo!
É imprescindível que as forças anti-imperialistas, socialistas e comunistas somem a esse movimento, demonstrando o internacionalismo proletário e toda solidariedade ao povo Palestino e Árabe.
Em breve divulgaremos o manifesto do Comitê, que é composto pelas seguintes forças: MST, CEBRAPAZ, PCB, PC do B, PPL, CUT, Sindicato dos Professores do ABC, Comitê de Solidariedade ao Povo Palestino Abcdmrr/SP, Campanha Global pelo Retorno a Palestina (Brasil), Associação Cultural José Martí (Baixada Santista), União da Juventude Comunista (UJC). Entidades árabes-palestinas: Comitê Democrático Palestino, Centro Cultural Árabe Palestino Brasileiro de SP, Federação de Entidades Árabes-Palestinas do Brasil FEPAL, Sociedade Palestina de SP, Campo Progressista Árabe, Esquerda Marxista.