c Declaração da Federação Mundial das Juventudes Democráticas (FMJD) para o 1º de Maio – UJC
Home Internacional Declaração da Federação Mundial das Juventudes Democráticas (FMJD) para o 1º de Maio
Declaração da Federação Mundial das Juventudes Democráticas (FMJD) para o 1º de Maio
0

Declaração da Federação Mundial das Juventudes Democráticas (FMJD) para o 1º de Maio

0

tradução: UJC-Brasil / Original em: WFDY

A Federação Mundial das Juventudes Democráticas (FMJD) chama seus membros a comemorarem o “1º De Maio / Dia do Trabalho”; A FMJD honra os primeiros mártires de Chicago, levando à frente suas mesmas ideias e o propósito de seu sacrifício, mantendo-os vivos, reforçando a unidade dos trabalhadores de hoje na luta por direitos trabalhistas, paz e justiça social.

A luta e as mortes de Chicago foram seguidas por outras lutas; em cada canto do mundo, a classe trabalhadora lutou e se sacrificou mesmo em circunstâncias onde, além da opressão de classe, encarava também a opressão colonial.

A luta da juventude e dos trabalhadores hoje a nível global é convocada a desafiar a intensificação da barbaridade imperialista que se expressa em guerras e intervenções estrangeiras, ao mesmo tempo que ameaça e desestabiliza a paz. A exploração dos povos também se intensifica através da agressão cada vez maior do capital contra os trabalhadores e os jovens de movimentos antiimperialistas.

Além disso, políticas conservadores, neoliberais e anti-trabalho continuam a empurrar os povos para a pauperização. A precarização domina os jovens e os trabalhadores através do desemprego, exploração e da destruição de direitos conquistados anteriormente. Ao mesmo tempo, jovens e trabalhadores ao redor do mundo estão profundamente preocupados com a nova onda de agressão vinda dos Estados Unidos e seus aliados na OTAN. Essa nova onda de ataques é uma continuação da política imperialista da OTAN, onde o objetivo é a exploração de recursos naturais de Estados soberanos e independentes, assim como o controle de novos mercados. O novo exemplo recente de agressão imperialista foram os mísseis lançados contra a Síria em 14 de abril de 2018, além da crescente violência e assassinatos de crianças e civis palestinos pelas tropas israelenses.

Portanto, neste honorável dia de lutas e manifestações, a FMJD manda essa mensagem de unidade e solidariedade para todos jovens progressistas do mundo, convidando-os a se unirem com os trabalhadores dos estratos populares. Para intensificar sua luta antiimperialista através da luta organizada, desde que o futuro do bem-estar dos povos é incompatível com esse sistema injusto e explorador.

 

Vida longa à luta antiimperialista!
Vida longa ao 1º de Maio