c Call Center Rico, Operador(a) Pobre! – UJC
Home Destaque Call Center Rico, Operador(a) Pobre!
Call Center Rico, Operador(a) Pobre!
0

Call Center Rico, Operador(a) Pobre!

0

União da Juventude Comunista (UJC)- Pernambuco realiza atividades com jovens trabalhadores(as) do telemarketing

Nos dias 19 e 21 de janeiro de 2017, a UJC realizou em Recife, panfletagem e colagem de lambes na Contax[1], empresa de telemarketing que conta com cerca de 14 mil trabalhadores(as) empregados[2].

O ramo do telemarketing é um dos responsáveis pelo primeiro emprego de um grande número de jovens da classe trabalhadora, que na maioria das vezes, precisam trabalhar para garantir o pagamento dos seus estudos e/ou complementar a renda familiar. A precarização do trabalho é marcante nesse meio, onde a pressão por metas, o assédio moral, os baixos salários, o adoecimento e a alta rotatividade nos postos de trabalho fazem parte do cotidiano desses trabalhadores(as).

Com o mote “Callcenter RICO, operador(a) POBRE” a atividade teve por objetivo dialogar com os jovens trabalhadores a respeito das precárias condições de trabalho, o crescente adoecimento a que estão expostos e sobre a necessidade de organização na luta sindical.

A atividade faz parte da campanha nacional unificada “Juventude vai à luta sindicalizada” organizada pela Unidade Classista (UC) em parceria com a UJC com o objetivo principal de estimular o engajamento desses jovens trabalhadores na luta sindical. Compreendemos a luta sindical como fundamental na garantia de direitos, por melhores condições de trabalho, melhores salários, redução das jornadas de trabalho e contra retrocessos, mas é fundamental que esta tenha uma perspectiva classista, baseada nos anseios dos trabalhadores e trabalhadoras.

Por isso, é fundamental a participação da juventude nessas lutas, frente aos diversos ataques que a classe trabalhadora vem sofrendo.

Sindicato é pra Lutar!

Juventude vai à luta Sindicalizada!

Secretaria de Jovens Trabalhadores

Coordenação Estadual UJC Pernambuco

[1] A CONTAX Recife já foi interditada pelo Ministério do Trabalho e Emprego em 2015, dentre as infrações cometidas estão o assédio moral e condições inadequadas de trabalho, chegando ao cúmulo de proibir a ida ao banheiro, responsáveis pelo alto número de atestados médicos apresentados. Mais informações no link: http://www.diariodepernambuco.com.br/app/noticia/economia/2015/01/21/internas_economia,555977/ministerio-do-trabalho-e-emprego-interdita-a-contax.shtml

[2] Vários estados do Nordeste forneceram incentivos fiscais para a implantação dessas empresas na região. Ver : http://g1.globo.com/economia/negocios/noticia/2012/10/call-centers-migram-para-o-ne-em-busca-de-mao-de-obra-comprometida.html