c A VITÓRIA DA CHAPA “OLHA PRA CEU” – UJC
Home Sem categoria A VITÓRIA DA CHAPA “OLHA PRA CEU”
A VITÓRIA DA CHAPA “OLHA PRA CEU”
0

A VITÓRIA DA CHAPA “OLHA PRA CEU”

0

imagemPorque a UJC apoiou e ajudou na construção da Chapa 2 “OLHA PRA CEU” na eleição à direção da Casa do Estudante Universitário II da UFSM?

“Nada deve parecer natural
nada deve parecer impossível de mudar”
Bertolt Brecht

 A CEU II possui mais de 1300 moradores. É uma experiência coletiva das mais importantes do Brasil, uma das maiores casas de estudantes em termos relativos (moradores/total de estudantes), fruto da luta do Movimento Estudantil na segunda metade do século passado e início deste. Esta conquista deixa uma clara lição para o ME: é preciso lutar por mais e melhores direitos! Para alcançar os objetivos que solucionem as demandas dos estudantes é necessário um ME com AUTONOMIA, principalmente em relação ao Governo.

Há muitos anos a direção da CEU II foi hegemonizada por um projeto político (Projeto Democrático e Popular, PDP). Este projeto não é mais compatível com as necessidades da categoria estudantil. Não ultrapassa o limite de mero gestor do Estado. Sendo assim, está mais empenhado em propagandear as “benevolências” do Governo do que na organização da luta dos estudantes para os estudantes, na perspectiva da universalização com qualidade de direitos básicos, como educação.

Em artigo no periódico da UJC Santa Maria, sob o título “O CONTEÚDO DE CLASSE DAS DIVERSAS REFORMAS E AS ILUSÕES GOVERNISTAS”, publicado no Voz Ativa no4, discutimos a falsa dicotomia criada entre políticas emergenciais (de foco) e políticas universalizantes. O grupo político que foi derrotado na CEU II está preso na armadilha da falsa dicotomia.

Os sinais de esgotamento do PDP aparecem também na apatia das últimas gestões da CEU II, na dificuldade em manter a coesão da gestão e na consequente sobrecarga de trabalho sobre alguns indivíduos.

O grupo derrotado na CEU II enfrentou apenas duas chapas de oposição nos último 10 anos. Mesmo com a grande insatisfação dos moradores, não havia até então uma alternativa organizada que correspondesse às necessidades d@s morador@s. A UJC apoiou e atuou na construção da chapa “OLHA PRA CEU” porque entendemos que é necessário superar o PDP na prática.

Não é preciso mencionar os truques utilizados pela chapa derrotada durante a eleição, pois a rejeição d@s morador@s a estes métodos já é suficiente. Porém algumas posições defendidas pelo PDP sobre AUTONOMIA, por exemplo, carecem de um debate mais aprofundado. A impressão é de que recuou em relação às suas próprias posições históricas que já eram limitadas.

Ao mesmo tempo que se enfraquece o PDP, começa a se consolidar uma proposta nova de ME e de Universidade.

Os 181 votos da Chapa 1 só valorizaram a vitória da Chapa 2, pois a chapa derrotada fez tudo que estava ao seu alcance para vencer e mesmo assim foi suplantada.

A participação dos estudantes nesta eleição, onde 450 votaram, só não chamou mais a atenção que a impressionante ausência de votos nulo e branco.

A vitória da chapa “OLHA PRA CEU” foi maiúscula em todos os quesitos, político, programático, arte, propaganda, mobilização, maturidade, iniciativa etc.

Para a lisura do processo foi fundamental também a seriedade e responsabilidade da Comissão Eleitoral, mais precisamente dos integrantes que realizaram os trabalhos até o final do processo.

É imperativo registrar a ousadia, empenho e alegria d@s integrantes da chapa “OLHA PRA CEU”, apoiador@s e das 269 pessoas que apostaram na mudança, sem @s quais este vitória jamais teria se tornado realidade. São protagonistas do novo!

UNIÃO DA JUVENTUDE COMUNISTA – UJC

Santa Maria/RS.