c 95 anos do nascimento de Malcolm X – UJC
Home Movimento Negro 95 anos do nascimento de Malcolm X
95 anos do nascimento de Malcolm X
0

95 anos do nascimento de Malcolm X

0

No dia 19 de maio de 1925 nascia, com o nome de Malcolm Little, uma das maiores lideranças do movimento negro nos Estados Unidos. Nascido em Ohama, no estado do Nebraska, Malcolm X teve uma infância e adolescência marcada pelas contradições que vivia o povo negro no início do século XX, em um contexto de uma sistemática perseguição do povo preto por grupos organizados que precediam a Kun Kux Klan.

Levado à prisão em 1946 pelo roubo de uma joalheria, Malcolm entra em contato com a Nação do Islã, por meio da qual se converte ao islamismo, deixando de lado sua vida pregressa. Após sua saída da prisão em 1952, Malcolm se torna uma das maiores lideranças da Nação do Islã, sendo inclusive convidado para a tradicional peregrinação à Meca pela aristocracia saudita da época. 

Durante seus anos de intensa militância no interior da Nação do Islã, Malcolm foi ferrenho defensor do embate direto à grupos organizados que buscavam a eliminação física da população negra, argumentando em favor da auto-organização do povo negro. 

É nesse período também, em meio a efervescência dos movimentos pelos direitos civis da população negra, que Malcolm X chama atenção de diversas autoridades estadunidenses, que caracterizavam lideranças e movimentos pelos direitos civis como uma ameaça à ordem democrática burguesa.

Já no final de sua vida, após ter rompido com a Nação dos Islã e estando em contato direto com lideranças de movimentos anticoloniais em África e com revolucionários cubanos como Fidel Castro e Che Guevara, Malcolm passa por uma profunda transformação radical em seu pensamento. Trazendo para o centro do seu discurso palavras de ordem do socialismo e pela libertação nacional, passou a questionar, com maior conteúdo, a forma democrática estadunidense e sua burguesia.

Assassinado em meio a um discurso em Manhattan, no dia 24 de fevereiro de 1965, Malcolm deixa um legado impossível de ser eliminado, desvelando a forma da democracia nos Estados Unidos e conclamando o povo negro a um projeto radical de emancipação, suas ideias influenciaram grandes organizações históricas do movimento negro, como o Partido dos Panteras Negras, e seu pensamento continua atual para o conjunto da classe trabalhadora negra nos Estados Unidos e por todo o mundo.