c 130 anos do nascimento de Ho Chi Minh – UJC
Home Comunistas 130 anos do nascimento de Ho Chi Minh
130 anos do nascimento de Ho Chi Minh
0

130 anos do nascimento de Ho Chi Minh

0

Nascido no Vietnã Central em 1890, Ho Chi Minh viveu uma vida profundamente marcada pela luta anticolonial e de libertação nacional, nos caminhos para o socialismo. Sua história de vida está intrinsecamente ligada à história de luta do povo vietnamita.

O nome Ho Chi Minh, que significa “aquele que ilumina”, foi apenas um dos diversos apelidos assumidos por ele durante sua vida operando na clandestinidade, para escapar da repressão policial. Sob esse codinome participou ativamente dos movimentos de libertação colonial contra os franceses e japoneses durante a segunda guerra mundial, assumindo a sua liderança em 1943.

Por meio desse movimento, em 1945 nasce a República Democrática do Vietnã, sob domínio do movimento popular liderado por Ho Chi Minh, e que ocupava a parte norte do território do Vietnamita, tendo sua porção sul ocupada pela Ingreterra, que cederia o território para a França, em 1946.

Os franceses, por sua vez, não reconheceram a legitimidade do processo de independência do povo vietnamita, reclamando pela força o controle de todo o território em que exercia o domínio colonial anteriormente, o que engendrou uma nova guerra, provocada pelo franceses, que duraria por quase 10 anos, terminando com a vitória da República Democrática do Vietnã em 1954.

Nesse contexto se estabelece na porção norte do território vietnamita um regime socialista que mantinha laços com a União Soviética e com forte participação popular. Regime este que continuava a luta pela reunificação do Vietnã através do apoio aos movimentos revolucionários vietcongs no sul. 

Desse processo começa, em 1959, uma das guerras de caráter colonial mais violentas já vistas até aquele período, com uma invasão militar estadunidense que duraria cerca de uma década e meia. Os Estados Unidos não pouparam esforços, se utilizando de estratégias de guerra das mais cruéis como armas químicas tóxicas, que deixaram mais de 5 milhões de vietnamitas mortos e mais 3 milhões de vítimas dos efeitos das armas químicas. 

Ainda no transcorrer da guerra, Ho Chi Minh morre, em 2 de setembro de 1969, anos antes da reunificação vietnamita, em 1976, por qual tanto lutou ativamente em vida. 

Para além do legado pratico com o avanço de um forte movimento nacionalista, anticolonial e revolucionário, Ho Chi Minh deixa também uma importantíssima contribuição teórica para o movimento comunista internacional, com formulações sobre organização militar e partidária e questão colonial e nacional, com fortíssima influência do pensamento de Lenin. 

Que a luta de libertação do povo vietnamita e o arsenal teórico deixado por Hi Chi Minh e por todo o processo que ajudou a construir seja apropriado pelos povos oprimidos de todo o mundo em suas lutas anticoloniais e pelo socialismo!